Projeto Escolar Direitos Humanos/Amnistia Internacional

No âmbito do Projeto Escolar Direitos Humanos/Amnistia Internacional comemoramos, no dia 10 de dezembro de 2022, 74 anos da DUDH.

Esta, no seu Preâmbulo, exorta “todos os indivíduos e todos os órgãos da sociedade” para que “se esforcem, pelo ensino e pela educação dos direitos humanos”. São apenas 30 artigos que correspondem a 30 direitos – universais, inalienáveis e indivisíveis. Direitos como liberdade, igualdade, justiça, segurança, vida, participação, solidariedade, educação, entre outros, ainda não passam de palavras ocas, no conceito da universalidade. Muitas são as músicas e os poemas que nos remetem para esta temática. No baú da História encontramos de Elvis Presley, “IF I Can Dream”, que aqui partilhamos https://youtu.be/7sOvwK92c9g

E, seguindo o lema da Amnistia Internacional que a “liberdade de dizer o que pensamos, de concordar ou de discordar, de agir” nunca mais volte a dar razão ao escritor e humanista , António Ferreira, do séc. XVI, no excerto do seu poema “ A medo vivo, a medo escrevo e falo, hei medo do que falo só comigo; mas inda a medo cuido, a medo calo.”

Neste contexto, assumamos a nossa responsabilidade coletiva, partilhando algumas sugestões …

Leitura dos artigos da DUDH;

Leitura dos casos propostos pela AI para a Maratona de Cartas 2022 e, se possível, a assinatura das petições ( Escolas Maratona de Cartas ) com o código do nosso agrupamento – SDIU ;

Participação no mentimeter.com com o link : https://www.menti.com/alnff7gc1ysr ou QR-Code

Projeto Escolar Direitos Humanos

Alice Sanches

Antónia Lopes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *